Equilibrado

A seguir irei mostrar algumas características de um pessoa com perfil financeiro equilibrado, posteriormente irei mostrar algumas formas de controles, são simples anotações mas importantes pois servem para revelar como você está financeiramente e como está se comportando suas finanças.

            Vou começar mostrando o perfil financeiro equilibrado, então… Se deseja equilibrar suas contas aja da seguinte forma:

  • O equilibrado gasta de acordo com o que ganha e se sobrar faz reservas;
  • O foco é não perder dinheiro, pois valoriza seu trabalho;
  • Sabe que preço não é valor;
  • Tem o habito de avaliar bem o real valor e planeja suas compras;
  • Pesquisa preços antes de comprar;
  • Se planeja para ter o dinheiro que deseja;
  • Conquista seus sonhos aos poucos, mas de forma constante;
  • Percebe as armadinhas financeiras;
  • Dedica-se o necessário para ter uma vida boa;

Esse é o perfil básico de alguém equilibrado financeiramente.

Tudo é uma questão de comportamento, se comportar-se como alguém do perfil endividado vai contrair dívidas, assim como se seguir o comportamento do equilibrado vai se equilibrar financeiramente.

No meu caso eu mudei o meu comportamento e o resultado está sendo incrível, mudou completamente a minha vida. É muito compensador.

A pessoa financeiramente equilibrada deixa de culpar a sorte e assume o controle da sua vida.

Essa pessoa desenvolve a consciência de que pode ter o que deseja, mas sabe que é necessário conquistar antes. Porque essa é a forma que vai consumir menos seu trabalho ao longo da sua vida, ou seja ele vai poder conquistar muito mais porque está cuidando para não perder em forma de desperdício.

Quando sente o desejo de comprar algo, o equilibrado se organiza financeiramente para conquistar.

TER ANTES DE PODER É: “TER PREJUÍZO” “TER QUE TRABALHAR MAIS DEPOIS…”

O equilibrado sabe o quanto custa cada “perda”…

A vida dos equilibrados financeiramente é mais tranquila pois o gastos vem depois do ganho por isso a falta de dinheiro é incomum.

Ser financeiramente equilibrado é uma questão de escolha… Não é difícil, e logo você percebe a diferença em sua vida…

A maioria das pessoas sonham com uma vida financeira tranquila, mas não fazem muito para realizar esse sonho, quase sempre por não sabem como começar. O fato de você estar aqui, já significa que está no caminho, agora se vai continuar depende de você.

Sonhe sim, sonhe bastante, mas comece a agir para tornar real, assuma o controle da sua vida. Transforme seus sonhos em objetivos, defina o que vai querer e quando, estabeleça metas a serem atingidas coloque isso em um local visível onde possa ver todos os dias.

Eu costumo colocar no papel e deixo na parede de meu quarto.

Isso te ajuda a se manter disciplinado fazendo o que tem que ser feito, te ajuda a ter foco.

Uma coisa importante é você proteger seu dinheiro.

Lembre-se que ganhar dinheiro facilmente demais não existe, quanto maior for a facilidade em ganhar algum dinheiro maior também poderá ser o risco.

Um bom exemplo são as pirâmides financeiras com promessas de grandes ganhos e pouco ou quase nada de trabalho.

Mantenha um padrão de vida de acordo com os valores que você consegue gerar com seu trabalho, viva das suas conquistas, se deseja mais, planeje, trabalhe e conquiste.

Tenha cuidado para não comprar tanta coisa de consumo, aqueles bens não duráveis, isso ao longo do tempo te impede de acumular valores e construir um melhor e sustentável estilo de vida.

Agora que já falei um pouco sobre o equilibrado financeiramente.

O que devemos fazer para equilibrar as nossas contas?

Além de agir de acordo com o perfil equilibrado financeiro, pela experiência que tive, percebi que uma boa prática para se ter saúde financeira é começar a acompanhar a evolução do seu patrimônio líquido.

Porque assim facilmente vai saber quando está ou não no caminho certo.

Mas o que é esse “tal” de patrimônio líquido?

Ele é o resultado da seguinte conta:

Tudo que você tem mais (+) contas a receber menos (-) contas a pagar = Patrimônio Líquido

Se você fizer essa conta uma vez por mês, saberá como está indo financeiramente e poderá avaliar o quanto está ganhando ou perdendo, comparando mês a mês.

Mas se não fizer, poderá passar meses, anos, toda uma vida e você não verá o que está acontecendo com suas finanças.

E quando não sabemos o que está acontecendo como vamos agir?

Andei fazendo uns cálculos e descobri que perdi aproximadamente meio milhão de reais, esse valor corresponde ao que ganhei durante o trabalho de toda minha vida até 2011, desse valor sobrou aproximadamente 6 mil reais que era o valor do meu patrimônio liquido no fim de 2011. Se eu tivesse o conhecimento que tenho agora, desde quando comecei a trabalhar, ao fim de 2011, hoje eu estaria sustentável financeiramente.

Agora pense em sua situação, já imaginou se tivesse um patrimônio de 50% de todo o dinheiro que já recebeu na vida?

Quando fazemos a conta do patrimônio líquido mês a mês, de forma naturalmente vamos criando as condições para que possamos não perder todos os valores que vamos gerando com nossos trabalhos.

O resultado é o patrimônio ir crescendo, e com ele a nossa qualidade de vida e segurança financeira.

Começamos a ver formas de realizar sonhos antes tão distantes, e aquela sensação de vida difícil vai se desfazendo.

Vou trazer agora um exemplo para ilustrar o comportamento do patrimônio líquido em suas contas:

Se você receber o valor de R$ 3.000,00 por mês e gastar R$ 2.000,00 em coisas de consumo e R$ 1.000,00 pagando a prestação de um imóvel, ou seja um bem que fica em seu patrimônio, o seu patrimônio líquido vai te mostrar um resultado positivo de R$ 1.000,00, então o seu ganho real nesse mês foi de R$ 1.000,00. Porque os R$ 2.000,00 foram destinados a coisas de consumo, aquelas que o tempo leva todo seu valor.

Quando saber que tipo de gasto preserva seu patrimônio e quais diminui, automaticamente você começa a aplicar mais em coisas que ficam em seu patrimônio, isso é bem natural quando você cria o hábito de fazer a conta do seu patrimônio líquido todo mês e comparar um mês com outro.

Outro exemplo, agora para as mulheres:

DIGAMOS que você queira se dar um presente e está em dúvida entre uma bolsa e uma joia, qual é melhor comprar?

Quando o foco está no dinheiro disponível; é comum esse pensamento, nesse caso, o ato de comprar joia ou bolsa, ambos irão diminuir o valor e pode parecer que não há diferença. Afinal em ambos os casos você fica sem o dinheiro mas com o presente.

Mas quando o foco é o patrimônio líquido, e é isso que estou sugerindo aqui, a coisa muda.

Porque comprar uma joia significa que você terá um objeto que ao longo do tempo, segue mantendo valor.

Enquanto que se comprar a bolsa o tempo irá agir desvalorizando o objeto até ele se tornar descartável e sem valor.

Às mulheres vaidosas recomendo que aumentem as compras de joias, diminuindo um pouco as compras de sapatos e bolsas, assim você pode consumir, com o aval da sua consciência financeira.

—-

Esses exemplos são para mostrarem como negócios do dia a dia afetam nossa vida financeira, quero que você perceba que apenas mudando um pouco seus hábitos sem ter que deixar de gastar, até porque é um prazer e às vezes necessário. O importante é ter consciência do que faz com seu dinheiro significa ter controle sobre ele e não mais ele sobre você.

Afinal já é hora de parar de agir como uma criança em relação ao seu dinheiro e começar agir com a responsabilidade de um adulto, o que está em jogo é grande parte da qualidade da sua vida. Isso deve ter algum valor não é?

A grande ilusão, de senso comum, é a ideia de que ter dinheiro disponível significa estar bem financeiramente.

Veja, se você trabalha e recebe um salário, assim você tem um valor disponível todo mês. Mas e se algo acontecer, como perder o emprego, surgir algum imprevisto, ficar doente, sofrer um acidente, como vai ser?

Ter dinheiro disponível apenas dependente do nosso trabalho não representa boa saúde financeira, eu por exemplo; sempre trabalhei e tive algum dinheiro disponível mas só a conta de passar o mês não sobrava mais nada, foi assim até o início de 2012, quando percebi isso estava errado, que de fato estava tendo problemas, afinal eu trabalhava muito, recebia e no fim não conseguia ficar com nada, saia distribuindo tudo que eu ganhava.

Nessa época eu pensava que se juntasse um dinheiro todo ano eu ia ficar bem financeiramente, fazia planos todos os anos, anotava tudo, mas sempre ao fim chegava sem nada, por mais que eu tentasse nunca conseguia, sempre aparecia algumas coisas que ia levando o meu dinheiro, foi assim por mais de uma década.

Só quando comecei a focar no patrimônio líquido, pude perceber que ter dinheiro disponível não era o caminho, comecei a mudar meus hábitos, adotei o perfil de equilibrado financeiro, em seguida o de investidor que irei tratar logo mais a frente, assim fui percebendo onde eu perdia e onde eu ganhava, como venho tentando demonstrar a você. Desde então, os resultados foram aparecendo comecei a bater minhas metas anuais. Agora não tenho metas de dinheiro disponível, mas sim de patrimônio líquido que é o que realmente importa no fim das contas. Inclusive agora diferente de antes mesmo com metas bem desafiadoras; venho conseguido superá-las todos os anos.

————————————————

Recomendo que faça esse controle uma vez por mês, leva poucos minutos.

Quando você foca no patrimônio líquido você começa a perceber o movimento do dinheiro e assim fica muito mais fácil ter controle sobre ele. O resultado é que no dia a dia você começa a perceber como seus gastos estão afetando seu patrimônio, porque tem gastos que aumentam e outros que diminuem como vimos no exemplo da compra de uma joia.

E_IMG_1

Além de fazer anotações do resultado do patrimônio líquido uma vez por mês, recomendo a utilização de um controle orçamentário, ele nada mais é que uma lista da estimativa de seus ganhos futuros e prevendo o ganho você irá fixar o limite para as despesas.

Esse controle serve para equilibrar as contas, não podemos deixar a soma das despesas serem maior que as receitas.

Na parte de despesas você pode e deve reservar um valor que irá para realizar algum sonho. Afinal já é hora de começar a realizar. Sonhos que não tem data para acontecer são para quando for possível, o problema é que nunca o é. Entenda que quando você faz isso você para de ficar só sonhando e começa a ter que agir para realizar.

E_IMG_2

Se Planeje para viver dentro da realidade que você pode pagar, porque tentar viver ao custo que você não tenha capacidade de pagar vai lhe trazer grandes problemas financeiros e vai ficar ainda mais prezo onde deseja sair.

Se pretende fazer coisas fora da sua realidade algumas vezes, planeje que dá pra fazer, mas se querer ter uma vida diária diferente da sua realidade, antes tem que criar as condições, caso contrário, não vai conseguir sustentar uma vida assim.

Clique aqui para acessar alguns modelos de controles, de orçamento e de patrimônio líquido.

Também vou disponibilizar no MENU DOWNLOADS um arquivo denominado Notas Importantes que é uma forma de resumo desse conteúdo passo a passo, ele te servirá como um lembrete mais objetivo com as principais ideias apresentadas aqui, as quais faço questão que acesse sempre que desejar de forma bem fácil.

Não sei se está percebendo, mas quero ser útil nessa sua jornada de estabelecer controle das suas finanças

Desejo que esse conhecimento seja de fato útil para o máximo de pessoas e conto com a sua participação para que mais pessoas possam conhecer essas ideias. Se achar que deve comente com seus amigos compartilhe esse conteúdo se julgar conveniente e útil, meu muito obrigado.

Agora que falei bastante sobre como equilibrar as contas, irei falar sobre o próximo nível que é o investidor.

Continue acessando o conteúdo passo a passo clicando nos links conforme a sequência do menu passo a passo.