Dê ADEUS ao INSS

Ao final vou te contar como estou executando o meu projeto de aposentadoria em 10 anos, mas estou aqui mesmo é para te alertar!

A maioria das pessoas aposentadas não conseguem se manter com o que ganham, essas pessoas precisam da ajuda de parentes, amigos e até desconhecidos.

E esse é só um dos problemas.

Eu conheci e tive a oportunidade de conversar com alguns aposentados que ganhavam vários salários mínimos, quando foram aposentados. Mas com o passar de alguns anos por conta da falta de reajustes nas aposentadorias esse valor foi reduzindo, só para se ter uma ideia um deles que ganhava 10 salários mínimos estava ganhando pouco mais de 1 e tinha que continuar trabalhando para complementar a sua aposentadoria, mesmo sem boas condições de saúde.

Que o sistema geral de previdência não vai bem todo mundo sabe. Mas diante disso o que você tem feito para garantir uma aposentadoria tranquila?

Você está se organizando para garantir a sua segurança financeira, dá sua família?

Ou está como a maioria das pessoas?
Apenas trabalhando e pagando a contribuição mensal ao INSS que será administrada por pessoas que você nem conhece.

Talvez você não tenha se dado conta da gravidade disso e é por isso que estou aqui, para te dizer que a maioria dos aposentados hoje no Brasil, não conseguem se manter somente com suas aposentadorias.

O Sistema previdenciário não vai nada bem, por isso se fala tanto em reforma, as pessoas que deveriam está lá com responsabilidade infelizmente não estão merecendo a nossa confiança.

Mas o que podemos fazer diante de tal situação?

Eu vou responder isso com um exemplo bem prático:

Em abril de 2012 eu não tinha uma casa minha para morar, andava com uma bicicleta velha e tinha várias dívidas. Passei 12 anos assim, trabalhava muito e estudava mas apesar do meu esforço nada mudava.

Naquele ano decidi que tinha que dar um jeito em minha vida. Eu tinha 28 anos dos quais passei 21 estudando e 17 trabalhando.

Trabalho desde meus 11 anos sem contar os tempos que vendi salgados na rua ainda mais novo.

O que aconteceu naquele ano foi revelador.

Eu descobri que não sabia administrar o meu dinheiro e esse era o meu problema.

E essa descoberta veio através de um conteúdo como esse.

Então comecei a buscar mais conhecimento sobre como gerenciar meu dinheiro.

Quanto mais eu aprendia, mais percebia meus erros.

Ninguém gosta de perder,

E perdemos dinheiro por falta de clareza do que estamos fazendo.

Como ninguém nos ensinou a fazer um bom gerenciamento do nosso dinheiro ficamos cegos, perdidos e achando que é assim, afinal, por todo lado está cheio de pessoas sem dinheiro, trabalhando muito e achando que a vida é difícil.

A vida não é fácil mesmo mas podemos melhorar um pouco a cada instante e com o passar do tempo tudo vai ficando mais fácil.

Hoje 6 anos depois da minha decisão de aprender a cuidar do meu dinheiro, do meu futuro financeiro, percebo tudo mais descomplicado. Percebo também o tanto de tempo que perdi por não saber lidar com o dinheiro.

Agora eu trabalho mais em coisas que me dão prazer como estar aqui agora falando pra você. Tenho rendimentos de investimentos que podem me manter.

E a cada ano me sinto mais seguro e confortável financeiramente.

Quando eu completar 10 anos em 2022, partindo do zero, eu projeto ter pelo menos 2 vezes mais rendimentos com investimentos do que ganho trabalhando.

Para muitos ganhar 2 vezes mais o seu salário é uma boa aposentadoria.

Não pretendo parar de trabalhar porque estou apaixonado pelo poder de transformação da educação financeira.

E a minha missão imposta por eu mesmo é levar esse conhecimento ao máximo de pessoas que eu conseguir.

Minha mensagem aqui é:  Não conte com a previdência geral. Assuma a responsabilidade da sua vida do seu futuro.

Busque conhecimento financeiro e crie a sua própria aposentadoria.

Quanto mais se dedicar você consegue em menos tempo, no meu caso vai ser bem antes do que se fosse esperar o INSS, e isso me permite viver muito melhor.

É o que eu quero para você também, uma vida cada vez melhor!

 

Se tiver interesse, me deixe seu e-mail clique aqui e faça parte da minha lista de amigos interessados no assunto.

Um forte abraço. Att. Wesley

Você pode gostar...

Comente algo sobre o que viu, isso nos ajuda a melhorar. Obrigado.

%d blogueiros gostam disto: